O LIMITE DA NAVALHA

Italo Diblasi nasceu no Rio de Janeiro em junho 1988. É historiador, doutorando pela UFRJ. “O limite da navalha” é seu livro de estreia. Com posfácio de Sergio Cohn, o livro assume uma voz embriagada e louca. Diante dos desafios desse mundo, Italo atualiza os desejos e as inquietações, se equilibrando entre o niilismo e a busca de alguma esperança. “O limite da navalha” conta ainda com um projeto gráfico inusitado, com cacos de acrílico espelhado colados manualmente sobre a capa, de modo que cada livro é um objeto único sem correspondentes idênticos.