OLHAR CRÍTICO - 50 ANOS DE CINEMA BRASILEIRO

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG)
    Grátis

Entre 1953 e 2003, o crítico Ely Azeredo atuou na imprensa diária fazendo a mediação entre os produtores e os consumidores de cinema no Brasil. Sem restrições de gênero ou tendência, analisou e pôs em discussão, de dramas existenciais a comédias, de filmes alternativos a documentários, de obras de caráter político aos musicais. O resultado disso está exposto na presente obra, apresentando os textos de Azeredo que, no calor da hora, se pronunciaram sobre clássicos do cinema brasileiro em cada uma dessas vertentes, como "Cidade de Deus", "Ônibus 174", "Macunaíma", "Pixote", "Terra em transe" e "Vidas secas". Além do prefácio escrito por Alberto Dines, alguns apêndices completam esta edição: uma sucinta recuperação da trajetória de Ely Azeredo, como crítico, mas também como importante difusor da sétima arte; as fichas técnico-artísticas de todos os filmes aqui analisados; as referências bibliográficas utilizadas e índice completo dos filmes citados.