CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE: A POÉTICA DO COTIDIANO

Em meio às comemorações de seu centenário de nascimento, Carlos Drummond de Andrade ganha, finalmente, um livro dedicado ao trabalho de cronistas, que nos reaproxima de seus mais belos textos em prosa. Esta obra é resultado da procura pela tangência lingüística entre poemas e crônicas, uma pesquisa acadêmica feita com muita paixão.
Através de quase 150 exemplos, em versiprosa, como diria Drummond, a pesquisadora fala de vida, de gente, de literatura, de jornalismo e de língua portuguesa, mostrando como os recursos da palavra, ´cristal policrômico e multifacetado´, nas mãos de Drummond constroem o texto poético.