FEMINILIDADES - 1ªED.(2012)

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG)
    Grátis

Esse livro diz respeito ao tema da Feminilidade. Nessa parte a proposta é de recriar as condições de emergência da formulação lacaniana da sexuação. Nesse contexto, ficamos atentos às referências de Lacan ao discurso filosófico e científico. Desse modo, parte deste trabalho tem por base uma questão sobre a inserção da noção de pensamento formal  em Lacan. A proposta é a de percorrer o ponto de articulação entre o discurso analítico e o discurso filosófico até que seus limites sejam desenhados. Além dos limites da referência lacaniana à filosofia, abordamos o domínio das suas referências científicas, à lógica e à matemática. A noção de matema em Psicanálise originária dessas referências, é um alicerce na elaboração lacaniana da lógica da sexuação. Seguiremos as considerações de Lacan sobre os matemas colocando em relevo sua característica fundamental: assegurar a transmissão da Psicanálise. Além disso, recorreremos ao mito cada vez que chegarmos aos limites dos outros modos de referência desta parte do trabalho. Desse modo, o mito faz circular a palavra entre os limites do indizível, lá onde as referências ao discurso filosófico e ao discurso científico não se recobrem. Seguindo esta perspectiva, buscamos nos aproximar da elaboração lacaniana da noção de “ser sexuado”. Para tanto, concentramos parte de nossas pesquisas sobre a noção de Outro e de suas implicações com as noções de Um e de Ser.