OS SOFRIMENTOS DO JOVEM WERTHER

Obra-chave do romantismo alemão, este relato epistolar e autobiográfico de Goethe alcançou sucesso imediato de público logo após sua publicação, em 1774, e continuou influenciando escritores de diversas gerações – de Mary Shelley a Thomas Mann.
Visitando uma idílica vila alemã, Werther conhece e se apaixona pela doce Charlotte. Embora saiba que ela vai se casar com outro, ele é incapaz de subjugar sua paixão, que o atormenta ao ponto do desespero. A exploração de Goethe da mente de um artista em conflito com a sociedade e mal equipado para lidar com a vida é uma das mais pungentes narrativas romanescas da tragédia humana.
Comovente e intimista, Os sofrimentos do jovem Werther continua atual. Sem renunciar a uma escrita fluida, Goethe traz para o centro do romance o eterno conflito entre homem e mundo, fazendo deste livro um dos maiores clássicos da literatura mundial.

Tradução e notas de Mauricio Mendonça Cardozo.
Introdução de Michael Hulse.