SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA - 1ªED.(2017)

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG)
    Grátis

Alguns dos principais textos fundadores da antropologia social estão reunidos neste livro póstumo de Marcel Mauss, publicado em 1950. Além do clássico "Ensaio sobre a dádiva", os capítulos sobre magia (em colaboração com Henri Hubert), técnicas corporais, noção de pessoa e ideias de morte tornaram-se leitura obrigatória na formação em ciências sociais. O impacto de suas ideias fez-se sentir, ainda, entre linguistas, psicólogos, filósofos e historiadores.

Em “Ensaio sobre a dádiva”, Mauss apresenta um estudo sobre o fenômeno da dádiva entre os povos da Polinésia, Melanésia e os indígenas da América do Norte, no qual defende que os fatores econômicos não são dissociáveis de outros aspectos da vida social: as trocas dizem respeito à sociedade no seu conjunto e derivam da obrigação de dar, receber e retribuir. Além dos ensaios de Mauss, a obra traz a célebre introdução de Claude Lévi-Strauss, um prefácio à primeira edição do sociólogo Georges Gurvitch, um texto "in memoriam" de Henri Lévy-Bruhl e orelha assinada pelo antropólogo Roberto Cardoso de Oliveira.