O PEQUENO FASCISTA

De todos os livros escritos por Fernando Bonassi, este é o que melhor resume sua vocação polêmica. Um panfleto contra os que insistem em mitificar a pureza da infância, conta a vida de um menino - da barriga materna até se tornar líder da turma - segundo a ótica de um ser político. Em diálogo aberto com o dramaturgo Bertolt Brecht, a história opera pelo avesso: o protagonista só dá maus exemplos, é cheio de preconceitos, inclusive raciais, e sentimentos mesquinhos. O jovem ilustrador Daniel Bueno captou com precisão o espaço urbano hostil, árido e vigiado onde crescem milhares de adolescentes na periferia do mundo. Por tudo isto, 'O Pequeno Fascista' é um livro para todas as idades.