TÉCNICAS DO OBSERVADOR

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG)
    Grátis

Após quase duas décadas de sua publicação em inglês, Técnicas do observador continua cada vez mais atual. Escrito no contexto imediato da globalização, o ensaio de Jonathan Crary analisa os processos históricos que constituíram os modos modernos de s e conceber a visão no século XIX, focalizando seus efeitos políticos e oferecendo, de passagem, valiosas pistas para se compreender o atual estatuto do olhar. Na década de 1990, enquanto proliferavam os discursos apologéticos da aldeia global e o culto às novas tecnologias da comunicação, este livro, a contrapelo, revelava uma parte obscura da história da visualidade. Seu método consistiu em jogar luz sobre um conjunto de conhecimentos esquecidos, velhos aparatos técnicos e antigas instituições que, em determinado momento, conjugaram-se e produziram um sujeito observador inseparável das demandas da sociedade industrial. Crary localiza no início do século XIX uma mudança de paradigma na ciência da visão, marcada pela emergência da óptica fisiológica. Um saber cujo modelo de visão subjetiva conferiu ao observador uma nova autonomia e, ao mesmo tempo, abriu caminho para normatizá-lo em termos de produção laboral e consumo visual.