O Capital [Livro 1] (Nova edição!)Crítica da economia política: o processo de produção do capital

Entregas para o CEP:
Frete grátis a partir de Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG)
    Grátis

O primeiro livro de O capital: crítica da economia política, intitulado "O processo de produção do capital", é o único volume da principal obra de maturidade de Karl Marx publicado durante a vida do autor, morto em 1883. Esta terceira edição marca os 10 anos da publicação desta tradução no Brasil, feita diretamente do alemão. A edição se insere em um histórico esforço intelectual coletivo de trazer ao público brasileiro, em seu todo ou em versões reduzidas, a principal obra marxiana de crítica da economia política. Em 1862, Marx muda-se para a Inglaterra a fim de ver de perto o que seria o estágio mais avançado do capitalismo de então e, dessa forma, decifrar suas leis fundamentais. Enfermo e depauperado, passa os dias mergulhado em livros na biblioteca do Museu Britânico e, no ano seguinte, retoma o projeto de escrever O capital, sua obra mais sistemática, trabalho de fôlego de análise da estrutura da sociedade capitalista. O Livro I - centrado no processo de produção do capital e finalizado em 1866 - foi publicado em Hamburgo em 1867, mas os seguintes não puderam ser concluídos por Marx em vida. Seus estudos para a magistral obra foram editados pelo parceiro e amigo Friedrich Engels e publicados em 1885 (Livro II) e 1894 (Livro III). Abrem a edição três textos introdutórios, assinados por Jacob Gorender, Louis Althusser e José Arthur Giannotti. Por um lado, são análises complementares, que abordam o livro sob perspectivas diversas: metodológica, histórica e filosoficamente. Por outro lado, contradizem-se algumas vezes, o que dá uma pequena mostra da pluralidade de leituras dessa obra fundamental, com impacto marcante na história da humanidade. Estão ainda incluídos os prefácios da primeira (1867), segunda (1873), terceira (1883) e quarta (1890) edições os dois últimos assinados por Engels, além do prefácio e do posfácio da edição francesa (respectivamente, 1872 e 1875) e do prefácio da edição inglesa (1886, assinado por Engels). O apêndice traz duas cartas escritas por Marx: uma a Engels ("Fred"), de 16 de agosto de 1867, e outra à revolucionária russa Vera Ivanovna Zasulitch, de 8 de março de 1881. Esta terceira edição vem enriquecida de um posfácio de Leda Paulani, que aborda o fetichismo como uma teoria geral das relações de produção na economia mercantilista. A obra conta ainda com: um índice de nomes literários, bíblicos e mitológicos, a bibliografia dos escritos citados por Marx e Engels, uma tabela de equivalência de pesos, medidas e moedas, e uma cronologia resumida de Marx e Engels - que contém aspectos fundamentais da vida pessoal, da militância política e da obra teórica de ambos, com informações úteis ao leitor, iniciado ou não na obra marxiana.