SIDERAR, CONSIDERAR MIGRANTES, FORMAS DE VIDA

Entregas para o CEP:
Meios de envio
  • Livraria e Editora Scriptum Rua Fernandes Tourinho, 99, Belo Horizonte (MG)
    Grátis

A partir das experiências recentes da crise migratória que se evidencia de forma cada vez mais intensa na França, Marielle Macé se lança em uma reflexão sobre a precariedade da existência desses homens e mulheres sem lugar, costurando um pensamento entre os domínios da literatura, da filosofia, da poesia e das ciências sociais. Diante desse cenário contemporâneo, Macé opõe duas posturas: uma mais evidentemente presente, a de siderar, palavra que, como ela explica, "vem do latim sidus, sideris, a estrela: trata-se de sofrer a influência nefasta dos astros, de ser acometido de estupor; e é preciso associar todos os verbos da imobilização no espetáculo do terror; medusar, aterrar, petrificar, interditar...". Como caminho possível para a construção de uma vida comum, de um "nós", Marielle reivindica uma atenção e um cuidado em relação a essas "formas de vida", vividas como provisoriamente. É o que pode, então, ser resumido no movimento de considerar: olhar atentamente, ser delicado, prestar atenção, levar em conta, tratar com cuidado antes de agir e para agir. O livro é o primeiro título da Coleção "Por que Política?", que busca promover o debate sobre temas relacionados à vida pública e ao bem comum.